Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Biografias e textos em geral sobre a cultura mágica no mundo e no Brasil.

Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor LeonardoGlass » 12/11/2009, 00:10

Tópico para que você compartilhe "lendas urbanas" sobre a mágica:

Para começar uma lenda que li hoje e que dizem ser clássica:

---

OS RELÓGIOS MISTERIOSOS

Um show de mágica foi anunciada em uma cidade como "Duas Horas de Mágica". O show deveria começar às 20:00 horas. No hora do show, o teatro estava lotado. 20:00 em ponto e as cortinas continuavam fechadas. 8:30 e nada de show. 9:00, 9:30... Os espectadores começaram a ficar zangadas, mas ninguém deixou o teatro.

Às 22:00 as cortinas se abriram e o mágico subiu ao palco. Agora as pessoas queriam esganá-lo. Vaiaram o mágico e lhe perguntaram se o o espetáculo não deveria ter começado às 20:00. O mágico gentilmente lhes respondeu: "Mas senhoras e senhores, olhem para os seus relógios. São 20:00"

Todos olharam para os seus relógios e espanto: Todos os relógios marcavam 20:00 em ponto. Todos ficaram muito confusos.

Mas isso não foi nada se comparado a que viria depois. De repente o teatro começou a encher-se de água Logo todos estavam com água até a altura do pescoço e começaram a gritar: "Por favor Senhor Mágico... Nós todos vamos nos afogar". Então, tão logo toda a água desapareceu, todos estavam completamente e misteriosamente secos.

Neste momento o mágico diz: "Eu gostaria de agradecer a vocês, senhoras e senhores, por virem ao meu show. Este é o fim".

"O quê?" todos dizem, "Você começou o seu show não faz nem cinco minutos".

"Não" diz o mágico. "Eu anunciei 'Duas Horas de Mágica' e foi isso que eu dei a vocês. Por favor olhem seus relógios"

Todos olharam e, você já sabe, todos os relógios marcavam 22:00.

Com isso todos ficaram pasmos, atordoados demais para reagir.

---

Esta é uma lenda muito comum nos países Latinos Americanos e na Espanha. Como toda lenda existem algumas variantes, por exemplo sem a água no teatro.

Possivelmente ela tenha nascido da união de várias lendas/histórias. O mais provável é que tenha nascido do causo de um mágico em Londre s que disse que entraria em uma garrafa, e mais um monte de outros efeitos fantásticos. Pois bem, o mágico anunciou o show, vendeu os ingressos e nunca apareceu. a multidão enfurecida incediou o teatro.

Já o trecho da inundação pode ter vindo de um espetáculo de Cervantes chamado "El Retablo de las Maravillas" uma releitura de "A Roupa Nova do Rei". Alguns dizem ter em visto uma inundação e de repente criou-se um delírio coletivo.

Abraços!
Imagem
Clique na imagem para conhecer o blog!
+260/+220

Esta mensagem de LeonardoGlass foi agradecido - 3:
JPMagic, Kradyn Junior, Torú
Avatar do usuário
LeonardoGlass
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1172
Registrado em: 14/7/2009, 22:20
Localização: Santa Rosa, RS
Agradeceu: 248 vez(es)
Foi Agradecido: 285 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Rasputin » 12/11/2009, 08:43

Eu lembro de um caso interessante no programa Sílvio Santos: fizeram uma propaganda maciça durante semanas de que iria ao Show de Calouros o "homem que vira peixe, sem fantasia, sem truques de câmera, diante de auditores". quando chegou o dia, entrou um FDP com uma frigideira na mão e um peixe e jogou pra cima, virando-o! Putz! Que ódio!
"Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade." Raul Seixas
Avatar do usuário
Rasputin
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1525
Registrado em: 30/9/2003, 10:33
Localização: Marilia
Agradeceu: 36 vez(es)
Foi Agradecido: 100 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Fredvanhalen » 12/11/2009, 09:16

putz... lenda ou não... mata hein..
sera que cabe aqui uma lenda de um mágico lendário?
Robert Houdin e seu truque de pegar a bala... no livro Magic And Showmanship conta a história de como ele apresentou esse efeito numa situação de DUELO REAL proposta por um inimigo. ou seja, ele nao anunciou a apresentação de uma mágica, ele simplesmente aceitou o duelo e realizou o efeito, o que na cabeça do doidinho deve ter parecido coisa de super homem...
gostei do tópico.
Estudando "The Royal Road to Card Magic"

Esta mensagem de Fredvanhalen recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
Fredvanhalen
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 123
Registrado em: 16/4/2008, 10:53
Localização: Uberlandia
Agradeceu: 1 vez(es)
Foi Agradecido: 2 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor LeonardoGlass » 12/11/2009, 10:09

O FRANGO QUE PUXA UMA TORA

Reza a lenda que um mágico chegou à uma cidade e entre que fazia havia o truque do frango que puxava uma grande tora de madeira pelo chão. Os queixos dos espectadores simplesmente caíram até que um espectador que dormia acordou, viu aquela cena e disse: "Porque estão todos espantado em ver um frango puxando um palito de dentes?"

O final é sempre o mesmo. O personagem principal é que às vezes muda. Pode ser um garoto peralta (tipo o "Joãozinho"), um velho sábio ou mesmo o narrador da história. E esta história, apesar de parecer um lenda, parece ter um fundo de verdade.

O livro "Scot's Discovery of Witchcraft" menciona um truque chamado: "Para fazer um grupo de gansos mover uma tora de madeira". Nesta explicação, Scot apenas diz que este truque: "é feito pelos mesmos métodos utilizados para fazer um gato que puxa uma pessoa através de um lago ou um rio, mas feito de algum modo longe dos observadores". A explicação de Scot presume que os leitores estejam familiarizados com o truque do gato puxando uma pessoa pelo rio, logo este deve ter sido um truque muito comum

O mais legal é que este trecho do livro pode ser lido aqui: http://books.google.com.br/books?id=AbJ ... navlinks_s

Outra menção deste truque é do primeiro mágico nativo norte-Americano chamado Richard Potter. Dizem que ele fez um peru puxar uma tora de moinho pelo palco de um teatro... Então é muito provável que este truque realmente tenha existido. Também é dito de Potterque certa feita ele fez um galo puxar morro acima uma pesada carroça cheia de feno. No dia seguinte os donos da carroça encontraram esta estacionada não mais na sua fazenda, mas no pé do morro.

Abraços!
Imagem
Clique na imagem para conhecer o blog!
+260/+220

Esta mensagem de LeonardoGlass recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
LeonardoGlass
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1172
Registrado em: 14/7/2009, 22:20
Localização: Santa Rosa, RS
Agradeceu: 248 vez(es)
Foi Agradecido: 285 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Misterio » 12/11/2009, 10:39

Uma clássica que escuto na minha cidade:
Um mágico teria jogado o baralho para cima, e todas as cartas teriam ficadas grudadas no teto. Ao comando do mágico, as cartas vão caindo, de acordo com o naipe e o número falado.
Escutei essa história várias e várias vezes.
Misterio
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 243
Registrado em: 22/11/2007, 15:44
Localização: Votorantim
Agradeceu: 1 vez(es)
Foi Agradecido: 18 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor ruytexas » 12/11/2009, 11:57

Vamos lá dar uma pequena contribuição ao tópico

Famosos ases da ilusão têm apresentado através dos tempos, diversos processos de Levitação de corpos humanos no espaço, empregando estratagemas engenhosos, que ficaram na História sòmente como truques de ilusionismo inspirados em fenómenos reais, reproduzidos em condições completamente diferentes.

A primeira dessas levitações foi apresentada no ano de 1832, em Madras, pelo ilusionista Drahmin Scheschal. que «levitava» sua mulher sentada num tamborete, até à altura de dois metros. Outras «levitações» semelhantes têm sido produzidas, das quais destacamos as mais sensacionais.

Em Abril de 1908, os assistentes do Hipódromo de Nova York, constataram, com assombro, que o pianista ONAIP, que os deliciava com uma àrea musical na abertura do espectáculo, à medida que dedilhava as teclas do seu piano de cauda, se «levitava» com o seu pesado instrumento de orquestra.

Quando o piano e o pianista atingiram os dois metros de altura acima do solo. ambas as coisas passavam a rodopiar de tal maneira, que muitas vezes atingiam trinta rotações num minuto, sem contudo o público ser privado de ouvir o andamento da composição musical que procedera a experiência de tão enigmática levitação.

Durante o prodigioso número, tanto na subida, como na descida, o piano e o pianista eram passados de um lado para o outro, com um gisgantesco arco de madeira, para que a assistência se certificasse da ausência de fios ou outros meios mecânicos de suspensão aérea.

Foi tão grande o sucesso alcançado por ONAIP, com este seu truque, que o Circulo Espanhol de Artes Mágicas de Barcelona, considerando o dito truque bastante indecifràvel, ofereceu aos leitores da sua revista « El Três de Bastos » um valioso prémio para aquele que conseguisse desvendá-lo.

O Prémio ficou deserto!

Magicordialmente,

Ruy Texas

Esta mensagem de ruytexas foi agradecido - 2:
jago, Tiago Angelo
Avatar do usuário
ruytexas
Membro Especial VIP
Membro Especial VIP
 
Mensagens: 1311
Registrado em: 6/6/2005, 08:26
Localização: Funchal * Ilha da Madeira
Agradeceu: 14 vez(es)
Foi Agradecido: 248 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor LeonardoGlass » 12/11/2009, 12:44

ruytexas escreveu:

Quando o piano e o pianista atingiram os dois metros de altura acima do solo. ambas as coisas passavam a rodopiar de tal maneira, que muitas vezes atingiam trinta rotações num minuto, sem contudo o público ser privado de ouvir o andamento da composição musical que procedera a experiência de tão enigmática levitação.


Confrade ruytexas, este trecho me lembrou um conto de autoria do exclente H.P. Lovecraft entitulado: "A Música de Erich Zann" que conta uma história com os mesmos elemnetos fantásticos. apenas que ao invés do Piano, o velho Erich Zann tocava uma viola.

Ora, se a história do glorioso ONAIP se passou na Nova York de 1908, e H.P. Lovecraft viveu em Providence estado de Rhod Island, vizinho à Nova York, e na mesma época do ocorrido (H.P. Lovecraft faleceu na década de 1937), então é bastante provável que uma história tenha sido a inspiração da outra.

Interessante como os fatos se cruzam e se complementam.

Se quiserem ler o texto de H.P. Lovecraft, que eu altamente recomendo, clique aqui: http://www.arquivors.com/erichzann.htm

Abraços!
Imagem
Clique na imagem para conhecer o blog!
+260/+220

Esta mensagem de LeonardoGlass recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
LeonardoGlass
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1172
Registrado em: 14/7/2009, 22:20
Localização: Santa Rosa, RS
Agradeceu: 248 vez(es)
Foi Agradecido: 285 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor ruytexas » 12/11/2009, 12:48

São inúmeras as lendas que circulam sobre o Oriente misterioso, seus « Richis », «Yoguis» e «Faquires», a quem se atribui o condão de fazerem milagres.

Uma das muitas lendas que se contam, garante que os Yoguis são capazes, entre muitas coisas, de se tornarem mais leves que o ar, e de atravessarem o espaço a uma velocidade superior à do som!

Em apoio dessa lenda, cita-se o caso de um Richi (categoria superior a Yougui), que de Nova Deli, onde se encontrava, se projectou apenas em um minuto a Calcutá, distante quatro mil quilómetros!

Diz-se, também, que um Yogui desapareceu repentinamente da sala onde estava palestrando a seus adeptos, e que reapareceu depois, misteriosamente, poucos minutos a seguir, sem que ninguém o tivesse visto sair ou entrar! A reputação desse Yougui ers tão grande, que alguns fanáticos declaravam, com a maior boa fé, tê-lo visto certa noite atingir a Lua com um dedo!

Segundo outra lenda, um portentoso Richi, na falta de uma ponte e de um barco para atravessar um rio, projectou a língua até um rochedoque existia na margem opostra e sobre ela deslizou como se fosse um tapete rolante!

Estamos, pois, em pleno reino do Inacriditável! Mas há algumas destas proezas fantásticas, como por exemplo a da « corda indiana », que testemunhas oculares bastante honestas como, Maximo Gorki, Maeterlinck, William Beebe, célebre autor da «Feérie Ginghalaise», dizem ter visto e acreditarem na autenticidade de tudo que nesse prodígio acontece.

O Yoqgui, ou o Faquir que é um grau abaixo, lança no vácuo uma corda comprida, que imediatamente se estica no sentido vertical e fica suspensa. O ajudante do Faquir, um rapaz de dez ou doze anos de idade, trepa pela dita corda e desaparece nas nuvens. Como se demore a regressar, o Faquir ordena-lhe que desça. O rapaz não obedece, e o Faquir reitera a ordempara a descida, mas sem o melhor resultado, pelo que furioso pega num alfange de lâmina afiada, seguro entre os dentes,, e sobe pela corda no encalço do ajudante desobediente,

O silêncio absoluto sa assistência que testemunha a intensidade da expectativa, é quebrado de repente pelos gritos que explodem por cimas das nuvens, nde o Faquir está massacrando o ajudante. A prova do massacre, são os fragmentos de carne fresca que caem erto dos espectadores, ficando alguns deles salpicados de sangue. Nesta altura opera-se a reaparição do Faquir a descer a corda, com o alfange ensanguentado, na boca, que uma vez no chão, reúne nun cesto os bocados do ajudante, e num sopro os volatiliza.

Porém, quando toda a gente pensa que a «tragédia» vai terminar, eis que o ajudante soltando uma gargalhada sinistra, surge inteirinho no meio da assitência, que o aclama entusiàsticamente, e lhe enche o turbante de dinheiro.

O milagre da « corda indiana » só existe na imaginação doentia das pessoas que atacadas de sugestão afirmam ter visto o impossível de realizar.

Magicordialmente,

Ruy Texas
Avatar do usuário
ruytexas
Membro Especial VIP
Membro Especial VIP
 
Mensagens: 1311
Registrado em: 6/6/2005, 08:26
Localização: Funchal * Ilha da Madeira
Agradeceu: 14 vez(es)
Foi Agradecido: 248 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Rasputin » 12/11/2009, 13:05

Um efeito que eu mesmo presenciei de um yogui é o uso do "tumo", uma energia interior capaz de gerar calor, por meio da meditação profunda. Ele tornava-se extremamente quente ao toque (uns 58 graus - temperatura fatal - mas que médicos até hoje não entendem) e segundo os monges que o acompanhavam várias vezes viram suas roupas entrarem em início de combustão (essa parte eu não vi), sendo necessário jogar água sobre ele.
Quanto à corda indiana, ele mesmo me afirmou que nunca em seus anos de treinamento e estudo no Oriente viu um caso e mesmo a hipótese de hipnose coletiva ele descarta. Segundo ele, é balela, o Criador não daria "poderes" a um humano para realizar esses espetáculos circenses. Quando questionei sobre o tumo, ele afirmou que a situação é diferente, visto que os monges renunciantes no Tibet usam o mínimo de roupa nas neves das montanhas e o desenvolvimento do tumo é muito importante para a saúde e bem-estar do devoto e o cumprimento de suas responsabilidades segundo o Bhakti Yoga.
"Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade." Raul Seixas

Esta mensagem de Rasputin recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
Rasputin
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1525
Registrado em: 30/9/2003, 10:33
Localização: Marilia
Agradeceu: 36 vez(es)
Foi Agradecido: 100 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor LeonardoGlass » 12/11/2009, 13:14

Creio que o confrade ruytexas seja um exímio mentalista, haja em vista que a próxima lenda que iria postar era sobre "A Corda Indiana".

Para não me fazer redundante apenas postarei uma foto e alguns comentários sobre esta rotina:

---

"Muitos dizem que truque da Corda Indiana está relacionada à história de "João e o Pé de Feijão". Outra história que me vem à mente é a da Torre de Babel. Existe ainda uma antiga lenda grega que diz que os Titãs tentaram chegar ao céu empilhando montanhas. Então, talvez, o truque da Corda Indiana seja um arquétipo destas lendas e histórias.

A versão chinesa da Corda Indiana também é interessante. De acordo com esta versão, o mágico joga a corda ao ar, ela se estica, enrijece etc, assim como na versão chinesa. A diferença nesta versão é que um garoto sobe na corda até sumir da vista dos espectadores enquanto isso pêssegos começam a cair dos céus. Aparentemente o garoto está no jardim dos deuses roubando pêssegos. É claro que ele desce e a corda volta ao normal. A beleza desta versão é que os pêssegos estão maduros e frescos e não é temporada de pêssegos na China! Logo, tais frutas só podem ter vindo do jardim dos deuses."

---

Dois pontos a destacar:

1) A semelhança da versão apresentada pelo confrade ruytexas de "coisas frescas caindo dos céus". Na versão indiana pedaços do garoto recém morto. Na versão chinesa, pêssegos maduros em período onde tais não são encontrados.

2) O ponto em comum em todas essas histórias (incluindo aí "A Torre de Babel", "João e o Pé-de-Feijão" e a lenda grega dos Titãs) é a tentativa HUMANA de se chegar ao céu e das bençãos que obtém quando se chega lá. Ainda que tais benção sejam roubadas.

Abraços!

Imagem

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Tx_rqOjZOAg[/youtube]
Imagem
Clique na imagem para conhecer o blog!
+260/+220

Esta mensagem de LeonardoGlass recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
LeonardoGlass
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1172
Registrado em: 14/7/2009, 22:20
Localização: Santa Rosa, RS
Agradeceu: 248 vez(es)
Foi Agradecido: 285 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor ruytexas » 12/11/2009, 13:46

De acordo confrade « Rasputin », mas, este « IMPOSSIVEL » torna-se « POSSÍVEL », segundo os estudiosos da Arte, desde outros tempos até os dias de hoje e se conclui:

A « CORDA INDIANA » nada mais é que uma mistificação, como vamos provar.

O Faquir executa o exercício da « corda indiana» sòmente ao cair da noite, quando depois de uma jornada tórrida quase sempre paira no ar a poucos metros do solo, uma intensa bruma, espécie de nevoeiro morno, de um azul carregado e opaco.

Algumas horas antes do exercício, o Faquir estende entre duas palmeiras, à altura aproximada da futura nuvem opaca, um cabo de aço rígido e forte, que, envolto pelos vapores da cerração, se torna absolutamente invisivel. Qaundo o Faquir lança a corda ao ar, ela já vai munida numa das extremidades, de um arpãozinho que se engacha no cabo aèreo, ficando suspensa verticalmente.

O rapaz que ajuda o Faquir, e que é acrobata e equilibrista, depois de subir a corda, desliza àgilmente sobre o cabo de aço esticado e alcançando uma das palmeiras, ali se deixa ficar aguardando as ordens do seu amo, para o que está devidamente ensaiado.

Quando a exibição está aprazada para determinado dia, que por azar não é beneficiado com o tal calor tórrido que favorece a formação da bruma opaca, o Faquir manda queimar alguns fardos de palha, aos quais adiciona certa quantidade de haxixe para provocar a formação do nevoeiro espesso, semelhante ao nevoeiro natural e que sobe a uma altura de alguns metros do solo, e ali, permanece ondeando levemente, até que o vento mais tarde o desfaz.

Além da ilusão de óptica, os espectadores recebem o impacto de uma música ensurdecedora, que repete constantemente o tã-tã da floresta, enquanto o poder entorpecente e inebriante do haxixe faz sentir os seus efeitos.

Quanto aos pedaços de carne ensanguentados que caem sobre a assistência, trata-se na realidade de um animal, gerlmente um macaco, abatido e desmembrado pouco antes da reralização da experiência, que de cima daspalmeira é atirado para o chão no momento propício.

A grande ilusão de despedaçar e recompor seres humanos sem maiores sequências, só os ilusionistas são capazes de fazer. Se Richis, Youguis e Faquires o fazem também, não é por milagre, mas sim por ilusão dos sentidos, como bons ilusionistas orientais que são.

Magicordialmente,

Ruy Texas

Esta mensagem de ruytexas foi agradecido - 2:
jago, Tiago Angelo
Avatar do usuário
ruytexas
Membro Especial VIP
Membro Especial VIP
 
Mensagens: 1311
Registrado em: 6/6/2005, 08:26
Localização: Funchal * Ilha da Madeira
Agradeceu: 14 vez(es)
Foi Agradecido: 248 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Max Hazy » 12/11/2009, 14:25

Acredito que esse efeito da corda indiana tenha alguma relação com os encantadores de serpentes:

http://www.youtube.com/watch?v=_aThb251-Sk

E sobre esse assunto, até li certa vez qual a explicação científica pra a naja atacar a mão do encantador, e não sua flauta... Mas não me lembro... Era algo como não conseguir focar porque não parava de mexer... Ou era algo com o som... Não lembro ao certo...

Deixo aqui apenas como adicional pra a história. Tenho acompanhado o tópico por ser underground... Tô curtindo pacas!! XD

Há braços!!

PS: O cara desse vídeo que postei tem um fôlego da porra hein? XD
Veja meus vídeos AQUI: http://www.youtube.com/maxhazy

Esta mensagem de Max Hazy recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
Max Hazy
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 387
Registrado em: 30/1/2006, 01:11
Localização: Casa Caiada
Agradeceu: 0 vez(es)
Foi Agradecido: 12 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Charles Jr » 12/11/2009, 17:31

Shoot Ogawa fazendo Muscle Pass com a parte externa do dedo no EMM...


=)

Vai virá lenda...
Fazendo o impossível acontecer... =)
Avatar do usuário
Charles Jr
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 64
Registrado em: 8/10/2006, 13:54
Agradeceu: 1 vez(es)
Foi Agradecido: 1 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor vtfninja » 12/11/2009, 20:39

O tópico esta sensacional!
Parabéns!
É uma pena n poder colaborar...

Charles,Shoot Ogawa explicou depois...mais pra quem só viu ele fazendo vai virar lenda!
vtfninja
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 205
Registrado em: 5/10/2007, 17:51
Localização: Brasil
Agradeceu: 0 vez(es)
Foi Agradecido: 13 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Tiago Angelo » 12/11/2009, 20:43

Realmente um tópico espetacular.
Muito bom mesmo.
Valeu galera.
Avatar do usuário
Tiago Angelo
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1937
Registrado em: 16/11/2007, 16:14
Localização: Brasília
Agradeceu: 205 vez(es)
Foi Agradecido: 80 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor LeonardoGlass » 13/11/2009, 02:40

O ESPERTO MALABARISTA

"Um professor de presdigitação testemunhou o truque a seguir ser executado por um malabarista na Índia há alguns anos atrás. Uma mulher com um bebê em uma bolsa presa à cintura subiu ao palco e, a pedido do malabarista, tentou equilibrar uma bola no nariz. A tentaiva foi em vão, devido à inquietação da criança na bolsa.

Ela tentou mais uma vez, mas não obteve melhores resultados do que da primeira vez. Enquanto isto o malabarista permanecia ao lado do palco, aparentemente furioso com os repetidos erros da mulher, e finalmente, num rompante de fúria, lançou-se em direção à mulher e tomou o bebê da mulher.

A mulher gritou ao perceber o perigo em que o bebê se encontrava e tal indignação espalhou-se pela plateia toda. Alheio ao bebê, à mãe e à plateia, o malabarista pega a criança colca ela em uma bolsa que segurava em sua mão direita.

Então, segurando firmemente a bolsa pelo gargalo da abertura, girou por cima de sua cabeça e violentamente bateu a bolsa contra o chão. No mesmo instante a mulher gritou e caiu de joelhos, implorando que o malabarista parasse com aquilo, mas o malabarista pediu que ela se calasse e repetiu a performance.

Desta vez, dois oficiais ingleses que estavam no palco começaram a lutar contra o malabarista, tentando em vão tomar posse da bolsa. O malabarista empurrou ambos oficiais para um lado, e irritou-se com a interferência dos oficiais tirando-os asism do palco. Então, sorrindo e se inclinando perante a plateia, o malabarista abriu a bolsa e de lá tirou um par de pombas brancas, que voaram até os ombros do malabarista.

A seguir, um grito no canto do palco chamou a atenção de todos. E lá estava um berço com o bebê dentro que foi fortemente aplaudido, e ovacionado para alegria e encanto dos espectadores."

---

Este texto foi publicado na "Stanyon's Magic", em dezembro de 1902.
Imagem
Clique na imagem para conhecer o blog!
+260/+220

Esta mensagem de LeonardoGlass recebeu agradecimentos de:
Tiago Angelo
Avatar do usuário
LeonardoGlass
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1172
Registrado em: 14/7/2009, 22:20
Localização: Santa Rosa, RS
Agradeceu: 248 vez(es)
Foi Agradecido: 285 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor jago » 13/11/2009, 11:38

Finalmente um tópico que vale a pena ler e reler. Uma pena não poder colaborar, mas quero agradecer imensamente a contribuição do amigo Ruy nos posts, principalmente no que tange a corda indiana. Mais uma vez meu sincero obrigado.
Avatar do usuário
jago
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 3039
Registrado em: 3/7/2007, 09:55
Localização: São Paulo
Agradeceu: 120 vez(es)
Foi Agradecido: 104 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Charles Jr » 13/11/2009, 11:47

Eu sei que ele explicou...False Muscle Pass...Mas mesmo assim!=)
Fazendo o impossível acontecer... =)
Avatar do usuário
Charles Jr
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 64
Registrado em: 8/10/2006, 13:54
Agradeceu: 1 vez(es)
Foi Agradecido: 1 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor HypnosX » 13/11/2009, 12:10

Aquela história do Tamariz fazendo uma apresentação com um Rádio conta aqui também??? Isso é uma lenda, não é???

Visto que ninguém tem o vídeo, rsrsrsrs...
Não cobice a mulher do próximo, quando o próximo estiver próximo.
Avatar do usuário
HypnosX
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 69
Registrado em: 23/10/2009, 11:45
Localização: Blumenau-SC
Agradeceu: 15 vez(es)
Foi Agradecido: 2 vez(es)

Re: Lendas Mágicas & Mágicos Lendários

Mensagempor Tiago Angelo » 13/11/2009, 15:36

Lenda não é Hypnos.
É verdade.
O Miklos pode te confirmar.
Avatar do usuário
Tiago Angelo
Normal User
Normal User
 
Mensagens: 1937
Registrado em: 16/11/2007, 16:14
Localização: Brasília
Agradeceu: 205 vez(es)
Foi Agradecido: 80 vez(es)

Próximo

Voltar para Cultura Mágica

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron